Taça Inter Trofeus
  Home     Fórum     Livro de Visitas  
Register   Login  
   Forum:
  Tópicos activosTópicos activos  Mostrar lista de membros do fórumMembros  Procurar no fórumProcurar  AjudaAjuda
  Registar-meRegistar-me  EntrarEntrar
Troféu Ormei
 InterFórum : Troféu Ormei
Assunto Tópico: Bombarral - 9 de Dezembro de 2017 (Tópico bloqueado Tópico bloqueado) Nova mensagemNovo tópico
Autor
Mensagem << Pré-visualizar tópico | Tópico seguinte >>
Manelkas II
Rookie
Rookie


Data de adesão: 13 Novembro 2014
País: Portugal
Mensagens: 19

Estado: Desligado
Colocado: 14 Dezembro 2017 às 15:18 | IP Registado  

NÃO POSSO MOLHAR OS PÉS

Olá amigos.
Hoje venho dar nota de um facto, expresso no título da crónica, que se me evidenciou claramente ao longo desta prova no Bombarral.
Já não tenho idade, nem jeito, pelos vistos, para andar com os pés molhados!
Se não, vejamos.
Com o piso molhado andei a apanhar bonés, ao passo que, quando a coisa começou a secar, já a música foi outra.
Em resumo. Dou-me mal com a humidade, que, como toda a gente sabe, é uma condição atmosférica pouco adequada ao pessoal menos “teen”!!!

1ª MANGA
Vídeo no Youtube – https://youtu.be/mjRhtDvTyi0
Treinos…, a modos que merdosos. Resultado, oito gajos atrás de mim e catorze à minha frente.
Dada a partida, contrariamente ao habitual, não perdi nem ganhei qualquer lugar.
No imediato, após conseguir ultrapassar o Miguel Freitas e o Rafael Carriço no final da primeira volta, reforcei o sentimento que já trazia dos treinos; Esta merda está escorregadia p’ra cacete!!!
Já na segunda volta, é o Filipe Martins que, de uma forma extremamente cordata e educada, desimpede o caminho e permite, a mim e ao Carlos Bom, a ultrapassagem. Depois, após algumas voltas atrás do Carlos, acabo por aproveitar uma sua passagem menos conseguida na primeira esquerda enrolada e na direita seguinte acabo por ultrapassá-lo. Tudo isto sem que o Miguel Freitas me largasse a cola – este gajo, não só é chato, como ainda me vai fod….
A seguir levei mais algumas voltas a apanhar o Luís Mello que, tal como eu, estava a ter algumas dificuldades com o piso do salão de baile!!! Sucede, porém, que os meus sapatinhos de dança, ainda assim, permitiam-me escorregar um pouco menos do que ele.
De tal forma que, chegando coladinho ao Luís na abordagem à direita antes dos “esses” no final do circuito – na tentativa de levar a maior velocidade possível através destes por forma a conseguir ultrapassá-lo na recta da meta – e, fruto de uma sua travagem de Cágado, dou por mim literalmente em cima dele!!!
Ora, tal como já bastas vezes aqui vos disse, eu não advogo que se deva travar fazendo uso do kart do piloto da frente, de maneira que, para evitar um toque maior – acabei por lhe tocar ligeiramente –, travei com demasiada força para as condições da pista e iniciei um meio pião. Ora, o tal chato, que se manteve estupidamente perto de mim o tempo todo, aproveitou e ultrapassou-me!
Quer isto dizer que, depois do meio pião e regresso à pista, dei por mim a navegar à distância de algumas milhas náuticas do Miguel e do Luís, a quem nunca mais consegui lançar a fateixa.
Resultado final – décimo segundo lugar.

2ª MANGA
Vídeo no Youtube – https://youtu.be/EI2Bs1_J2sw
Os treinos para esta manga serviram para demonstrar a minha inata capacidade de leitura da pista e do estado da mesma!
Findos os mesmos, antes que nos começassem a chamar para a grelha, pensei para comigo: “Isto agora correu melhorzito. Deixa lá ver onde é que fiquei!
Resultado; Chamado para o meu lugar, fiquei na merda, mentalmente, e no décimo sétimo da dita cuja! Ainda bem que isto correu melhorzito!!!
É um facto que, após um mau ensaio geral, se segue, sempre, uma estreia brilhante!
Mal sabia eu que, uma vez mais, estava a poucos minutos de destruir um outro dito popular!
Ora, dada a partida, com excepção do João Corte-Real, que nesta confirmou os comentários maldosos de que ainda estaria a dormir, não ganhei lugares a mais ninguém.
Depois, logo nas primeiras curvas, consigo ultrapassar o Wilson Leonardo e, antes ainda de fechar a primeira volta, ganho mais um lugar, dado que, não sei muito bem quem, estava virado ao contrário nos “esses” de entrada na recta da meta.
A partir daqui, foi tentar apanhar o Carlos Costa (outro chato) que estava logo ali à mão de semear. Ahhh…, não esquecer de proteger a posição dos ataques do Ricardo Maltinha!!!
Tarde piaste! Já foste!!! “Eh pá. Já agora reboca-me e vamos os dois chatear o Carlos, que isto de ser chateado não me pode tocar só a mim!!!
Dito e feito. Ele primeiro, eu depois, lá apanhamos o Carlos que, como bom chato que é, se entreteve numa luta fratricida com o Ricardo.
Resolvida a questão entre os dois, com o Carlos a sobrar para mim, tive a surpresa de receber a visita do outro chato.
Claro está que falo, mais uma vez, do Miguel Freitas. Raça do gajo que não me larga a mão!!!
A partir daqui lixei-me. Quando o Miguel finalmente concretiza a ultrapassagem, erro em grande e nunca mais os consigo voltar a apanhar.
E, pronto, tendo novamente vindo ao de cima aquela minha inata capacidade de leitura da pista, acabei em décimo quinto!!!!

3ª MANGA
Vídeo no Youtube – https://youtu.be/UW4WdZv62HI
Por último, os treinos para esta manga final, com o piso claramente melhor, já me permitiram andar um bocadito mais a direito, deixando de lado as figuras tristes. Resultado; Oitavo lugar!!!
Partida tipo canguru – saltos, saltos, saltos e mais saltos – deixa-me coladinho ao Dário.
Aqui chegados, um pequeno intróito para dizer que, função do que se viria a passar mais tarde, o Dário está autorizado a chamar-me de chato!!!
Durante a primeira volta sou surpreendido pelo Ricardo Araújo, na descida até à rápida, longa e escorregadia direita de entrada no miolo do circuito, na qual, curiosamente, fui capaz, vá-se lá saber como, de recuperar-lhe o lugar, fruto de uma lindíssima ultrapassagem por fora!!!
Sol de pouca dura. Na já famosa direita de abordagem aos “esses” o Ricardo tenta de novo, ainda que não conseguindo concretizar. A seguir, em plena recta da meta, eu juro-vos, ouvi o Ricardo, atrás de mim, gritar alto e bom som: “Deixa estar Manel, que já lá vamos outra vez!!!
Entretanto, o Dário tinha-se escapado e ultrapassado o Nuno Alves que, tal como muitos de nós, decidiu fazer a tal direita rápida e escorregadia muiiiiiiiiiito laaaaaaaaarga!!! Quer isto dizer que, função de tal manobra, me foi possível colocar por dentro na subida até à esquerda lá no alto. Sucede, porém, que, quando um gajo vai com muita sede ao pote, normalmente, engasga-se. Ora, vendo-me a escorrer água abundantemente pelos queixos abaixo (recordem-se da imagem do pote), o Nuno, descontente com a minha abordagem à prova, logo na saída da referida esquerda, recupera o seu lugar e de passagem dá-me com o pote nos cornos!!!
Estando eu ainda a abanar a cabeça, abalado com o pote, vem de lá o Ricardo e cumprindo a sua gritada promessa na volta anterior, no mesmíssimo lugar da primeira vez, tenta, e concretiza, a ultrapassagem na direita anterior aos “esses” (eu sei, estou farto de repetir “esses”, mas o que é que vocês querem…, passa-se de tudo ali!!!).
Resolvida esta primeira questão, o Ricardo ultrapassa, igualmente, o Nuno e segue-se um período de algumas voltas a fundo, tentando manter-me juntinho a ambos, que esta coisa da amizade só funciona se andarmos todos muito juntinhos!!!!
E, como melhor do que três amigos em disputa de um lugar, só mesmo quatro amigos em disputa do mesmo lugar, o Ricardo vai buscar o Dário.
Entretanto, o Nuno, demonstrando que não partilha destes conceitos de amizade muito próxima, começa a atrasar-se em relação ao Ricardo, no momento em que este, continuando a arrebanhar amigos, integra o Comandante Moore (Zé Miguel) no seu, agora, triunvirato.
Dadas mais umas voltitas à pista eu consigo ultrapassar o Nuno, e, logo de seguida, o Ricardo ultrapassa o Zé Vieira.
Depois, constato que estou ligeiramente mais rápido que o Zé e o Dário e começo a aproximar-me deles.
E é a seguir que se desenrolam os momentos mais dramáticos deste filme, com uma série de toques meus no Dário, pelos quais, quer no momento, quer agora, me penitencio.
Dizer, contudo, que em momento algum procurei extraír qualquer benefício destes toques, tanto assim que, de todas as vezes que, fruto destes, ganhava posição ao Dário de imediato lhe a devolvi.
O que é um facto é que, com um kart extraordinariamente equilibrado, eu travava um metro mais tarde do que ele, levando a que por várias vezes tenha sido surpreendido pelos seus pontos de travagem e não tenha conseguido evitar tocar-lhe.
Dito isto, ao fim de duas ou três voltas, ele, fartinho de levar porrada, cede-me o lugar e sugere que o reboque até junto do Zé, que entretanto se tinha posto a milhas. O problema foi que isto aconteceu já na última volta, tornando tal desígnio impossível de atingir.
E pronto, acabei em sétimo!

Para terminar, a todos, os meus votos de um Santo e Feliz Natal e um Excelente Ano Novo!!!

Até à Batalha!!!

Editada por Manelkas II na 14 Dezembro 2017 às 15:18


__________________
Grande abraço do,
Manel
Voltar acima Ver Manelkas II's Perfil Procurar outras mensagens de Manelkas II
 
WilLeo
Rookie
Rookie


Data de adesão: 20 Setembro 2016
Mensagens: 12

Estado: Desligado
Colocado: 14 Dezembro 2017 às 22:16 | IP Registado  

Boas,

Mais uma ida ao Bombarral onde nunca
consigo ser competitivo, somando o molhado
(uma estreia neste traçado) à equação
pensava que ainda correria pior. Na
realidade o pensado não aconteceu. O gap
entre os meus tempos e os melhores em
pista manteram-se nos 2 seg, semelhantes
em estado seco. O que de alguma maneira
mostra que estou a melhorar em piso
molhado.

Na 1a manga, mais molhada, consegui um bom
andamento sendo que cheguei a ficar em
último com um peão, e ainda consegui subir
penso que 5 posições.

Nas 2a e 3a manga acho que fiquei em
penúltimo nas duas com lutas interessantes
mas não conseguindo subir posições.

No fim tivemos o belo do almoço entre
amigos e muita conversa sobre carros à
mistura.

Venha a próxima na Batalha, a pista mais
perto de casa.

Wilson Leonardo
Voltar acima Ver WilLeo's Perfil Procurar outras mensagens de WilLeo
 
charlieback
Racer
Racer


Data de adesão: 16 Abril 2008
País: Portugal
Mensagens: 61

Estado: Desligado
Colocado: 14 Dezembro 2017 às 23:03 | IP Registado  

Boa noite pessoal,

Bora lá sacar 5 pontitos que na jornada anterior já dei a borla.

Desta vez vou ter que me basear nas memórias porque a câmara deixou-me mal. Filmei a primeira manga e nas duas seguintes parou sem explicação.

Na primeira manga a única coisinha que se aproveitou foi o arranque. Saí do lado esquerda da grelha e mantive-me junto ao limite da pista na primeira
sequência de curvas (enquanto todos se engalfinhavam no interior, junto ao corretor. Acho que ganhei umas 3 ou 4 posições. Daí para a frente não teve
muita história. Apenas mantive o kart dentro de pista no meu ritmo lento clássico (que é ainda mais lento com pista molhada). Mesmo assim ainda consegui
uma recuperação de 6 lugares face aos treinos. Comecei em 20º e terminei em 14º.

Na segunda manga classifiquei-me em 13º. Desta corrida retenho uma prolongada luta com o Ricardo Maltinha, em que por umas 2 ou 3 voltas consegui
defender-me dos seus ataques. Já estive a ver o vídeo do Castanheira que fez o favor de fazer uma reportagem em condições da luta. No final ele acabou
por passar por um erro meu (deslizei de mais na travagem da esquerda que antecede a subida. No final cheguei em 12º.

Na terceira manga a pista já começava a normalizar e apenas em um par de curvas era necessária alguma cautela. Foi a corrida mais gratificante apenas por
me sentir menos perdido à procura de grip. Nesta manga fiz o 11º tempo dos treinos. Na corrida acabei em 13º a pressionar o António Baptista, num kart
que não lhe permitia grandes voos.

Foi uma jornada mediana em termos de resultados e satisfação de corrida. Teve como ponto positivo o almoço natalício em excelente companhia.

Até à próxima jornada, que será novamente na Batalha, desejo-vos os melhores votos de um santo natal e um grande ao novo.

Carlos Costa
Voltar acima Ver charlieback's Perfil Procurar outras mensagens de charlieback
 
João Côrte-Real
Rookie
Rookie
Avatar

Data de adesão: 19 Outubro 2016
País: Portugal
Mensagens: 13

Estado: Desligado
Colocado: 14 Dezembro 2017 às 23:52 | IP Registado  

Olá a todos,
A pista molhada veio dificultar-nos a vida e mostrar
que além da condução também conta o chassi que se
apanha. Com 3 mangas, 3 karts diferentes e 3 pisos
diferentes também, deu para perceber bem esta
realidade.
Enfim, não me adaptei bem a estas condições, e a
conclusão é que tenho de treinar mais nestas condições
adversas.
Não tive nenhum problema em pista com ninguém (nem
fora dela) e por isso só me posso tudo o que fiz
menos mal, foi absolutamente por minha
responsabilidade.
Os colegas que partilharam os mesmos karts que seu,
foram o Miguel Freiras e Luis Mello, sendo o Luís quem
levou a melhor conseguindo o melhor resultado dos 3.   
Eis os resultados:
Q1 – 5º kart nº 16
C1 – 7º
Q2 – 14º Kart nº 14
C2 – 20º
Q3 – 10º Kart nº 18
C3 – 10º

Um abraço e até à Batalha,
João Côrte-Real
Voltar acima Ver João Côrte-Real's Perfil Procurar outras mensagens de João Côrte-Real
 

Desculpe, NÃO pode colocar uma resposta.
Este tópico está bloqueado.

<< Anterior Página de 2
  Nova mensagemNovo tópico
Versão para impressão Versão para impressão

Ir para o fórum
Você não pode colocar novos tópicos neste fórum
Você não pode responder a tópicos neste fórum
Você não pode apagar as suas mensagens neste fórum
Você não pode editar as suas mensagens neste fórum
Você não pode criar sondagens neste fórum
Você não pode votar em sondagens neste fórum

Powered by Web Wiz Forums version 7.9
Copyright ©2001-2004 Web Wiz Guide

Esta página foi gerada em 0,0938 segundos.
* Webmaster |  ©2004-2020 Taça Inter Trofeus |  Inauguração: 25 Dez 2004
Powered By EzASPSite v2.0 RC2